Alerta às empresas contratantes

Na ânsia do lucro fácil, tem empresa contratando empreiteiro que não têm a mínima condição de pagar os direitos dos seus trabalhadores. O Sindicato alerta e lembra que a legislação é clara e o lucro fácil pode se tornar em prejuízo certo pois, quem paga mal vai pagar duas vezes. 

Geralmente constituídas por trabalhadores empreendedores, orientado por algum superior que mediante a uma “propinazinha”, garante a empreitada para a microempresa montada para realizar tarefas dentro do empreendimento.

Esses “gatos” costumam se deslumbrar com o dinheiro recebido. Aí é que mora o perigo.

Conforme o artigo 455 da CLT, nos contratos de subempreitada responderá o subempreiteiro pelas obrigações derivadas do contrato de trabalho que celebrar, cabendo, todavia, aos empregados, o direito de reclamação contra o empreiteiro principal pelo inadimplemento daquelas obrigações por parte do primeiro.

Com base neste e no Artigo 2º da CLT, o Sindicato  em ação coletiva, vai à Justiça exigir, os direitos de todos os trabalhadores envolvidos nas irregularidades.