CAMPANHA SALARIAL 2016/2017 - VALEU A MOBILIZAÇÃO Aumento é de 9,83%

A mobilização que Itapevi começou para garantir salário digno para os trabalhadores da construção civil, deu resultado. Os patrões não queriam dar nada, mas se curvaram diante da mobilização dos trabalhadores que estavam dispostos a ir às últimas consequências para garantir o que, por direito, é da categoria.

Com isso, o INPC integral de 9,83% será aplicado em todos os salários, inclusive para os benefícios. Confira abaixo como ficaram os salários. 

Os Pisos

O piso salarial dos trabalhadores considerados não qualificados R$ 1.362,5510 ou R$ 6,1934 por hora.

Já os salários dos trabalhadores qualificados, sobem para R$ 1.657,5324 ou R$ 7,5342 por hora.

Para  os trabalhadores qualificados em obras de montagem e instalações industriais passa para R$ 1.986,2316 ou R$ 9,0283 por hora.

Atenção

O reajuste é retroativo a 1º de maio. Quem não pagou tem que atualizar os salários, inclusive o Vale Alimentação.

Vale Alimentação também sobe 14,5%

Como reivindicado pelos trabalhadores, este ano o Vale Alimentação também aumentou. Com isso o valor do benefício será reajustado em duas vezes. A partir do dia 1º de maio passa para R$ 265,00 e em setembro, a partir do dia 1º, passa para R$ 275,00.

O vale refeição passou para R$ 20,00.

Quem ganha acima dos pisos estabelecidos também vai receber o INPC em duas parcelas. A primeira de 6,38% em maio e a segunda de 3,2431% em setembro, garantindo o índice de 9,83%.

Quem ganha acima de R$ 7.000,01 vai receber um reajuste de R$ 688,10 em duas parcelas. A primeira de R$ 447,26 a partir do dia 1º de maio e a segunda de R$ 240,84 a partir do dia 1º de setembro.