Trabalhador sobrevive a descarga de 13 mil Volts na MPD

Na primeira página do Jornal Boca Dura, o Sindicato sempre traz uma advertência para os riscos quando há desrespeito às normas de segurança. Por outro lado a AES Eletropaulo, em suas contas de energia também traz a advertência para os riscos de construção nas proximidades da rede elétrica.

Leia mais...

Na CBA o prejuízo pode ser grande

Outro local onde a situação pode engrossar é nas dependências da Companhia Brasileira de Alumínio, CBA, em Alumínio. A empresa também foi convidada a discutir a situação de trabalho dos empregados das empreiteiras de construção civil que atuam nas dependências da empresa, mas até agora não se manifestou. 

Leia mais...

Libercon e Carbone dão exemplos

Na contramão da PDS, a Libercon, em Cajamar, e a Carbone Construções, integrante do  consórcio Sucespar no Km 46 da Castelo Branco, em Araçariguama, dão exemplo de como tem que ser o respeito aos direitos dos empregados. Nos canteiros de obras, existe a preocupação com a saúde e segurança dos trabalhadores.

Leia mais...

Más condições de trabalho paralisam canteiro da Construjob

As péssimas condições  de trabalho nos canteiros de obras da Construjob, foi motivo suficiente para que os trabalhadores paralisassem as atividades em todas as contratadas da incorporadora.  

No canteiro de obras, em Cajamar, os trabalhadores não tinham banheiro, refeitório, vestiário, aquecedor de marmita, água potável, chuveiro, uniforme e café da tarde. Pressionada pelo Sindicato, a empresa de pronto solucionou os problemas e providenciou a inscrição de todas as suas contratadas no cadastro do Sindicato.

Leia mais...